Abono do PiS-Pasep 2020/2021 começa a ser pago no BB e CEF

Abono do PiS-Pasep 2020/2021 começa a ser pago no BB e CEF

Correntistas do Banco do Brasil e da Caixa receberão abono em conta corrente na noite desta terça-feira(30)

O pagamento do abono salarial do PiS/Pasep ano-base 2019 terá início no dia 30 e término em 30 de junho de 2021, de acordo com informações do Ministério da Economia. Para os trabalhadores da iniciativa privada, vinculados ao Programa de Integração Social (PIS), a data de pagamento é no mês do nascimento. Já para os servidores públicos, associados ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), é o dígito final do número de inscrição do Pasep. Os valores estarão depositados nas contas dos correntistas na noite desta terça-feira(30).

O Banco do Brasil está funcionando em regime de contingência por conta da pandemia de Coronavírus, assim, existem diversa maneiras de receber o Pasep sem precisar entrar na agência para fazer o saque. Os servidores públicos correntistas do banco recebem diretamente nas contas correntes e os valores podem ser sacados nos caixas eletrônicos ou utilizado para transferências e pagamentos nos aplicativos e canais externos do banco. Já os servidores públicos que não têm conta corrente no Banco do Brasil podem fazer uma Transferência Eletrônica Disponível (TED) para o banco onde possui conta corrente. A TED não tem custo e pode ser feita nos caixas eletrônicos utilizando apenas o número do CPF e dada de nascimento ou o número do Pasep.

Faça aqui sua consulta do Pasep

É importante não confundir o Pis/Pasep com o FGTS, que é o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e também observa que o Pis é para trabalhadores com carteira assinada da iniciativa privada e o benefício é pago na Caixa Econômica Federal, enquanto que  o Pasep é destinado aos servidores público efetivos e o benefício é pago no Banco do Brasil.

Veja o vídeo abaixo como fazer a TED.

Para ter direito ao abono salarial do PIS/Pasep é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2019, com remuneração média de até dois salários mínimos e estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Neste ano, o abono traz uma novidade. Os trabalhadores com saques previstos para o ano de 2020 a partir de 30 de junho já vão ter o dinheiro creditado na conta, no caso correntistas da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil. Para os demais participantes, o abono estará disponível a partir de 16 de julho.

Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro recebem o PIS ainda este ano. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque no próximo ano. Servidores públicos com o final de inscrição do Pasep de 0 a 4 também recebem este ano e as inscrições com o final de 5 a 9 ficam para 2021.

Quem não sacou o abono do calendário 2019/2020 poderá efetuar o saque agora no calendário 2020/2021 ou em até cinco anos, sem a necessidade de determinação judicial, conforme estabelece o artigo 4º da Resolução 838 do Codefat. Dessa forma, correntistas da Caixa e do Banco do Brasil terão os créditos em conta disponíveis também a partir de 30 de junho e os demais trabalhadores poderão fazer o saque a partir de 16 de julho.

O valor do abono salarial será calculado na proporção um doze avos (1/12) do salário mínimo vigente na data do pagamento. No caso de falecimento do participante, herdeiros têm direito ao saque. O valor do abono pode chegar a um salário mínimo (R$ 1.045)

Como sacar o abono do PIS

Os trabalhadores de empresas privadas, com inscrição no PIS, recebem na Caixa. Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consultar Pagamento.

Calendário de Pagamento do PIS 2019 – Exercício 2020/2021

Foto: Reprodução/D.O.U

Como sacar o abono do Pasep

Servidores públicos, com inscrição no Pasep, recebem no Banco do Brasil. Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito automático na sua conta do BB.

Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do banco e apresentar um documento de identificação.

Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Calendário de Pagamento do Pasep 2019 – Exercício 2020/2021

Foto: Reprodução/D.O.U

Da Redação do Portal GPS com informações do Ministério da Economia.

Redação GPS

Seu comentário é muito importante para nós.

Protegido por Direitos Autorais. Compartilhe o conteúdo usando os botões das redes sociais no final da matéria.