Catadores de Sapé se organizam em cooperativa. Fundação acontece nesta quinta, na sede da AABB-Sapé

Catadores de Sapé se organizam em cooperativa. Fundação acontece nesta quinta, na sede da AABB-Sapé

Com o fim do lixão de Sapé por força de lei, catadores estão se organizando através do cooperativismo em busca de reconhecimento, dignidade e melhor qualidade de vida 

Com o fim do lixão de Sapé por força de lei e pressão do Ministério Público, dezenas de famílias que sobreviviam da coleta de material reciclável, e muitas vezes de restos de alimentos, hoje ficaram sem essa fonte de sobrevivência, procurando se organizarem em cooperativas, associações ou iniciativas individuais para continuarem coletando material com algum valor na indústria da reciclagem. Os resíduos produzidos nas zonas rural e urbana de Sapé atualmente são transportados para o aterro sanitário do município de Guarabira. O catador de material reciclável é um trabalhador urbano que recolhe os resíduos sólidos recicláveis, tais como papelão, alumínio, vidro, dentre outros. 

A fundação da Cooperativa de Reciclagem Bom Jesus, como deve ser denomina a nova instituição, conta com um grupo de catadores que já vem se organizando desde o fim do lixão de Sapé e já conquistaram um pequeno caminhão usado para transporte do material reciclável e a locação de um galpão. A organização desse grupo e a formalização da cooperativa recebe o importante apoio do Centro de Conscientização, Defesa Ambiental e Social (Cedams) e da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB-Sapé). “A luta em defesa desses trabalhadores é árdua e contínua e necessita de apoio do poder público, pois os catadores realizam um importante trabalho ambiental, social e econômico. É uma atividade essencial e deve ter o reconhecimento da sociedade e o apoio governamental”, disse o ambientalista Marlindo Francelino Gomes, presidente do Cedams. 

Marlindo Francelino Gomes

A aprovação do estatuto da nova cooperativa acontece a partir das 13h, no salão de eventos da AABB-Sapé,nesta quinta-feira (11), quando ocorrerão também as eleições para os conselhos diretor e fiscal e a posse dos eleitos. “Estamos sempre apoiando iniciativas em parceria com o Cedams em defesa do meio ambiente, projetos sociais e organização de grupos de empreendedores para que a sociedade civil organizada possa ter vez e voz, com ferramentas legais de reivindicação e ação, em defesa de seus interesses”, ressaltou Jorge Galdino de Almeida, gestor ambiental e presidente da AABB-Sapé. Pela manhã, serão realizadas oficinas e treinamento para os futuros cooperados.

Jorge Galdino de Almeida

A entidade publicou edital de convocação no último dia 05 e a proposta do texto do estatuto está sendo divulgado com exclusividade pelo Portal GPS. O texto será analisado, discutido e consolidado pela assembleia geral dos catadores e com o estatuto aprovado e as eleições realizadas, a documentação será encaminhada para os registros legais e a Cooperativa passa a atuar de forma estruturada, garantindo organização, gestão e renda para os cooperados. 

Veja abaixo o edital de convocação e a proposta do texto do estatuto da Cooperativa. 

Da Redação do Portal GPS. 

Redação GPS

Seu comentário é muito importante para nós.

Protegido por Direitos Autorais. Compartilhe o conteúdo usando os botões das redes sociais no final da matéria.