Confiança-PB realiza eleições e Wilson Nascimento é eleito oficialmente presidente do clube

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

Novo mandato do dirigente, que já vinha exercendo a função executiva máxima do clube através de uma junta governativa, vai até março de 2023

O Confiança de Sapé já sabe quem será seu presidente nos próximos dois anos e nove meses. Após eleições realizadas na sede do clube nesse domingo, Wilson Nascimento foi empossado no cargo de máximo da diretoria executiva do Bicho-Papão. Além dele, também foram empossados os outros sete membros que vão compor a diretoria executiva do clube sapeense e 21 membros do conselho deliberativo, que terá Williams Rodrigues como presidente.

Apesar de só ter sido oficializado no cargo de presidente do Confiança-PB nesse domingo, Wilson Nascimento vinha trabalhando como dirigente máximo do clube através de uma junta governativa e já se projetava como candidato a presidencia do clube- é que as eleições estavam marcadas para ocorrer no mês de março deste ano, mas devido à pandemia do novo coronavírus, tiveram que ser adiadas.

Wilson Nascimento, inclusive, vinha tomando frente do principal projeto da agremiação: a construção do estádio próprio. Agora eleito, ele seguirá com os trabalhos no clube – que vem disputando competições de base e planeja participar da 2ª divisão do Paraibano deste ano.

Eleições foram realizadas nesse domingo — Foto: Divulgação / Confiança-PB
Eleições foram realizadas nesse domingo — Foto: Divulgação / Confiança-PB

O novo mandatário, inclusive, quer usar a nova casa do Bicho-Papão nas disputas dos estaduais sub-15, sub-17 e sub-19. As competições, porém, seguem sem definição para acontecer por conta da pandemia do novo coronavírus. A Federação Paraibana de Futebol (FPF) já admitiu a possibilidade, inclusive, de esses torneios serem cancelados.

Por GloboEsporte.com 

Fantástico denuncia fraude envolvendo times do Paraná e do Nordeste

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

O Andraus teria agendado amistosos com times pequenos do Nordeste, dentre eles o Confiança de Sapé. Presidente do Confiança nega conhecimento da partida

O Fantástico, programa da Rede Globo, denunciou neste domingo(17) mais um esquema de jogos e apostas fraudulentas que, mesmo com os jogos paralisados por todo país devido às restrições impostas pelo combate ao Covid-19, as apostas continuariam acontecendo. A reportagem denuncia mais um escândalo e fraude vinda do futebol paranaense, desta vez, envolvendo os clubes Andraus Brasil, do Paraná, e o Serrano da Paraíba. No dia 25 de março, mais de 200 sites de fora do Brasil receberam apostas para o que seria um jogo amistoso entre Andraus X Serrano.

O nome, mais uma vez, do clube Andraus Brasil aparece envolvido no esquema. O time que subiu para a segunda divisão em 2019 mesmo com o sexto lugar no campeonato paranaense da terceira divisão, uma vez que fora beneficiado (e denunciado) por um “no mínimo estranho WO” provocado pelo Grecal, time que também é do município de Campo Largo no Paraná.

A denúncia desta vez é a realização de “um jogo fantasma” durante este período de pandemia para obter favorecimento em sites de apostas. Neste caso, segundo o Fantástico, o Andraus Brasil teria – mesmo sem entrar em campo – movimentado mais de R$ 10 milhões em apostas. Esta não é a primeira vez que o nome do time é denunciado na imprensa nacional. Em 2018, novamente “foi destaque” com relação a banco de apostas.

Os apostadores movimentam trilhões de reais por ano em bancas virtuais. Muitas, em paraísos fiscais, onde a prática é legalizada. Esse mercado de cifras astronômicas atrai quadrilhas internacionais que misturam futebol e apostas para ganhar dinheiro sujo. A fraude do momento é o jogo fantasma. Mesmo sem provas da existência da partida, o jogo entre Andraus e Serrano movimentou um volume alto em apostas, chamando a atenção dos auditores.

O Andraus pretendia realizar amistosos também com times pequenos e até inativos do Nordeste, dentre eles o Confiança de Sapé-PB. O presidente do clube, José Wilson Nascimento, nega ter conhecimento do agendamento do amistoso com o clube paranaense e também nega ter assinado ofício concordando com a partida. “Pode alguém estar usando a minha assinatura e eu posso confirmar a você que nenhum atleta hoje está em atividade como o Clube, a não ser três atletas”, disse Wilson Nascimento. Os dirigentes do Zumbi (AL) e Palmeira (RN) também alegaram desconhecer as partidas e também negam ter assinado os ofícios.

Já o presidente do Barbalha do Ceará confirmou a existência do agendamento da partida, fez propaganda e disse ter assinado o ofício marcando a partida com o Andraus do Paraná. As federações da Paraíba e do Paraná se demonstraram surpresas com a notícia dos jogos.

Consultada, a Polícia Federal disse que não se manifesta em supostas investigações em andamento.

Da Redação GPS com informações do G1

Protegido por Direitos Autorais. Compartilhe o conteúdo usando os botões das redes sociais no final da matéria.