Suspeito de estupro e homicídio é preso em Sobrado

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

Homem preso pela PM é suspeito de tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e estupro contra menor de idade

No início da madrugada desta terça-feira (18), a Força Tática se dirigiu ao sítio Jacarequara, zona rural de Sobrado-PB, após receber denúncia de que um homem teria realizado disparos de arma de fogo contra seus vizinhos. No local o suspeito foi preso em flagrante pelos crimes de ameaça, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

A arma de fogo, uma espingarda usada na ação criminosa, foi apreendida e conduzida juntamente com as partes até a Delegacia de Homicídios em João Pessoa para lavratura do flagrante.

Na ação da Polícia Militar foram apreendidas a espingarda de calibre desconhecido e um bornal, contendo pólvora, espoleta e chumbo.

Da assessoria de Comunicação da PM-Sapé-PB

Operação Flashback prende suspeitos em Sapé, Santa Rita e João Pessoa

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

Cinco suspeitos de integrar organização criminosa de atuação nacional são detidos em operação na Paraíba

Quatro suspeitos foram presos e um adolescente apreendido na segunda fase da Operação Flashback, que foi deflagrada desde as primeiras horas desta terça-feira (28) na Paraíba e em outros dez estados. Os mandados de prisão e busca e apreensão foram cumpridos pelas equipes da Polícia Militar e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), nas cidades de Santa Rita, Sapé e na Penitenciária Desembargador Sílvio Porto, em João Pessoa.

Todos os presos têm 36 anos e foram alvos de mandados de prisão temporária pelo crime de tráfico de drogas, expedidos pela 17ª Vara Criminal de Maceió, em Alagoas. O adolescente apreendido tem 15 anos e estava com uma arma que, segundo ele, teria sido usada no assassinato do familiar de um integrante de outra organização criminosa. Nas buscas, quatro celulares foram apreendidos para passarem por perícia, com o intuito de desvendar a participação de outros criminosos.

O promotor de Justiça Manoel Cacimiro, do Gaeco/PB, disse que os presos na Paraíba teriam participação relevante na organização criminosa. “Os presos aqui na Paraíba possuíam voz de comando e participação relevante na organização criminosa, que parte do estado do Mato Grosso do Sul. Isso será aprofundado nas investigações que começaram em Alagoas, durante a Operação Flashback I, que detectou a existência de núcleos da organização criminosa em outros estados, inclusive aqui no nosso.

Foi um trabalho exitoso aqui do Gaeco, Bope e Gate da Polícia Militar da Paraíba nesta operação que foi articulada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, através da Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC) e Polícia Federal, em parceria com os Gaecos (MP) de 11 estados. 

O tenente-coronel Otávio Ferreira, do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar da Paraíba, destacou que a operação continua. “Nas primeiras horas de hoje, cumprimos o primeiro mandado em Santa Rita, onde também foi apreendido um adolescente com uma arma. Depois, foram dois mandados dentro do presídio Silvio Porto. E agora no fim da manhã mais um mandado cumprido em Sapé. Temos outros alvos ainda, por isso a operação continua”, disse.

Na Operação, realizada em 11 cidades de quatro regiões do país, são mais de 200 alvos. O objetivo final é desarticular os principais núcleos de atuação da organização criminosa no país.

Fonte: Policia Militar da Paraíba

PRF apreende carga de madeira extraída ilegalmente com destino a Sapé

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

Pelo menos 39,49 metros cúbicos do produto estavam sendo transportados do estado do Pará para o município de Sapé, na região da Mata paraibana

Uma carga de madeira extraída de forma ilegal foi apreendida pela Polícia Rodoviária Federal na manhã do sábado (18), na BR-230, em Campina Grande. Conforme a PRF, o produto foi extraído no estado do Pará e estava sendo transportado com destino ao município de Sapé, na região da Mata paraibana.

A abordagem aconteceu na altura do quilômetro 130 da rodovia. O caminhão estava transportando 39,49 metros cúbicos de madeira serrada com documento florestal adulterado.

O condutor do veículo, um homem de 34 anos, disse aos policiais que receberia a quantia de R$ 320 por metro cúbico do material transportado, o que resultaria em um valor superior a R$ 10 mil pelo transporte ilegal.

Foi lavrado termo circunstanciado de ocorrência (TCO) e ele deverá responder em liberdade por transportar madeira ilegal. A pena prevista para o crime pode variar entre seis meses e um ano.

Do G1 Paraíba

Em Sapé, Operação Impacto atua em crimes contra a vida e o patrimônio

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

Operação da PM está nas ruas durante o fim de semana em várias cidades

A Polícia Militar do Estado da Paraíba está reforçando a segurança neste fim de semana com a Operação Impacto, que volta às ruas para combater os crimes contra a vida, tráfico de drogas e prevenir os roubos dos mais diversos tipos. Nesta sexta-feira (17), aproximadamente 500 policiais e 177 viaturas atuaram no reforço das atividades, com auxílio do Grupamento Tático Aéreo (GTA) da Secretária de Segurança.

Na Região Metropolitana de João Pessoa, o reforço é de quase 300 policiais, com foco maior para a cidade de Santa Rita. O trabalho tem a frente o próprio comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, que adiantou que a operação acontece também em outras cidades.

Nesta sexta-feira, a Operação aconteceu nas cidades indicadas e orientadas pelas Coordenadorias de Estatística e de Inteligência, tendo uma atuação nas cidades da região metropolitana de João Pessoa, de Campina Grande e de Catolé do Rocha, principalmente. Outras operações também serão realizadas nos próximos dias, a exemplo da Nômade, Saturação e a Ônibus Seguro.

Operação Impacto em Sapé-PB

Nos primeiros resultados apresentados, a Polícia Militar apreendeu de mais de 30 armas de fogo, quase 2 mil munições de vários calibre e aproximadamente 40 kg de drogas, esta semana, em todo o Estado.

Policiais reunidos em frente à Igreja Matriz N. S. da Conceição em Sapé

Em Sapé, a Operação Impacto acontece na área da 3ª Cia/7° BPM, supervisionada pelo Major Flávio, comandante da Cia. A operação tem como objetivo aplicar o policiamento nos locais críticos da área abrangida pela unidade, buscando evitar crimes contra a vida e patrimônio (CVLI e o CVP), dando maior segurança a população da região.

Da Redação do Portal GPS com informações da PM-PB

‘Desafio do Pateta’ induz crianças e adolescentes ao suicídio

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

Alerta foi emitido pela Polícia Civil de Santa Catarina e o Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do Tribunal de Justiça do Estado

A delegada de Polícia Civil Fernanda Lima alerta pais e mães para um novo fenômeno perturbador que, segundo ela, vem ocorrendo na internet. A partir de um perfil no Facebook, pessoas enviam desafios e mensagens que induzem crianças ao suicídio, explica ela em publicação em suas redes sociais.

Assista ao vídeo da delegada Fernanda Lima

Os suspeitos usam o pseudônimo “Jonatan Galindo” e se identificam com fotografias que lembram o Pateta, personagem da Disney, de forma deformada. De acordo com Fernanda, o perfil surgiu em 2017 na Europa, em países de língua espanhola, mas está migrando para o Brasil. 

O alerta, explica a delegada, foi emitido pela Polícia Civil de Santa Catarina e o Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do Tribunal de Justiça do Estado. A orientação para os pais é observar mudanças no comportamento das crianças e, sempre, monitorar o que elas consomem na internet. 

Do site “O Tempo”

Protegido por Direitos Autorais. Compartilhe o conteúdo usando os botões das redes sociais no final da matéria.