Seis candidatos disputam a prefeitura de Sapé

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

Duas mulheres disputam o cargo de vice no município. Três chapas são “puro-sangue”.

A disputa este ano para a prefeitura de Sapé será acirrada, já que seis chapas disputam os cargos de prefeito e vice nessas eleições. Duas mulheres estão nessas chapas como candidatas a vice, são elas, Lenilda Leôncio (Dem) e Maria Patrícia Severiano (Patriotas). Os números têm como base os pedidos de registro de candidatura computados no sistema do TSE. A Justiça Eleitoral ainda vai julgar cada caso e também pode haver desistência das candidaturas e por isso que os números podem mudar. Confira as chapas majoritárias por ordem alfabética:

– Allan da Madeireira – Vice: Sargento Alessandro Silva – Coligação: “Agora é a vez do povo”;

– Josinaldo Ferreira – Vice: Berto Mares – PSC;

– Luizinho – Vice: Kildare – Coligação: “Sapé pra frente”;

– Major Sidnei – Vice: Lenilda Leôncio – Coligação: “A força da mudança”;

– Nino do Tempero – Vice: Patrícia – Patriota;

– Professor Miguel – Vice: Rafael Soares – PT.

Candidatos a prefeito de Sapé

Allan de Albuquerque Cabral (PL) é empresário e disputa a prefeitura de Sapé pela primeira vez. Seu vice é o sargento da PM, Alessandro Carvalho da Silva, indicado pelo PSDB para compor a chapa na coligação “Agora é a vez do povo”.

Josinaldo Francisco Ferreira é servidor público estadual e tem como vice em sua chapa o cantor e compositor Manoel Berto de Sousa. Josinaldo e Berto Mares são do Partido Social Cristão (PSC).

Luiz Ribeiro Limeira Neto (Progressistas) é vereador e presidente da Câmara Municipal de Sapé e seu vice é o ex-secretário municipal de educação, Kildare André Lima de Freitas. A chapa Luizinho e Kildare disputam a eleição pela coligação “Sapé pra frente”, formada pelo Progressitas e Cidadania.

Sidnei Paiva de Freitas (Podemos) é major da PM e forma chapa com a empresária e ex-secretária municipal de saúde, Lenilda Adolfo Leôncio Costa (Dem). A coligação “A força da mudança” é formada pelo DEM / PODEMOS / PSL / PTB.

João Sabino dos Santos Filho, conhecido como Nino do Tempero, é comerciante e tem como vice a também comerciante Maria Patrícia Severiano, ambos filiados ao Patriota.

Edivaldo Miguel Alves é professor da rede estadual e seu vice, Rafael Soares Raimundo, é jurista popular pela fundação Margarida Maria Alves, ambos são do Partido dos Trabalhadores (PT).

Das seis chapas registradas, três são “puro-sangue”, compostas apenas por um partido. As outras três chapas formaram coligações com outros partidos para a chapa majoritária. Não são permitida coligações nas chapas proporcionais, o que pode equilibrar a disputa entre os candidatos a vereadores.

Por Jorge Galdino – Jornalista (Portal GPS)

Partido dos Trabalhadores apresenta chapa “puro-sangue” para a disputa majoritária em Sapé

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

Professor Miguel Alves é o candidato a prefeito pelo PT em Sapé

O Partido dos Trabalhadores (PT) vai para a disputa eleitoral em Sapé com chapa majoritária “puro-sangue”, composta pelo professor Miguel Alves, pré-candidato a prefeito, e pelo jurista popular Rafael Soares. O partido também apresentará seis candidatos a vereadores.

A convenção do partido acontecerá hoje(16), na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB-Sapé), momento em que serão homologados os nomes para as chapas majoritária e proporcional. “Vamos apresentar uma proposta de governo alicerçada na participação popular, objetivando garantir a democracia participativa e o desenvolvimento econômico e social do município de Sapé. Estamos apresentando uma chapa puro-sangue, pois não nos coligarmos com partidos golpistas ou que não defendam a classe trabalhadora”, disse Miguel Alves.

O candidato a vice, Rafael Soares é jurista popular pela Fundação Margarida Maria Alve e ex-coordenador da Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP).

Já são cinco candidatos na disputa pela prefeitura de Sapé: Major Sidnei Paiva (Podemos), Allan Cabral (PL), Josinaldo Ferreira (PSC), Luiz Limeira (Progressistas) e Miguel Alves (PT).

Por Jorge Galdino – Jornalista – Portal GPS

PL e PSDB firmam aliança para disputar eleições em Sapé

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

PSDB indica Sargento Alessandro para vice. Allan Cabral será o candidato a prefeito pelo PL

Um acordo firmado no final da noite desta terça-feira(15) resultou numa aliança entre o Partido Liberal (PL) e o PSDB para a composição da chapa majoritária na disputa eleitoral em Sapé. O PL encabeça a chapa com o empresário Allan Cabral e o PSDB indica o Sargento Alessandro Carvalho para vice. Por ser militar, Alessandro vai se filiar ao partido após a homologação do seu nome nas convenções.

Allan Cabral – Pré-Candidato a Prefeito

O Avante, que tem como presidente do diretório municipal o bancário Ewerton Diego, também anunciou apoio à chapa majoritária PL/PSDB. O grupo político ainda pode se expandir, pois existe a possibilidade do Solidariedade, presidido no município pelo delegado Fred Magalhães, aderir a essa composição.

João Clemente Neto – Presidente do PSDB

O Portal GPS conversou com o presidente do PSDB, o ex-prefeito João Clemente Neto, que disse que o partido além de indicar o Sargento Alessandro como vice ainda vai apresentar pelo menos vinte candidatos a vereadores. “Por motivos estratégicos estamos indicando o Sargento Alessandro para vice, um profissional respeitado que vem fortalecer a legenda. Também contamos com três vereadores com mandato e pelo menos vinte pré-candidatos que vão compor a chapa proporcional”, disse João Clemente.

PL e PSDB realizam as convenções na noite desta quarta-feira (16), e vão unificar esforços para o embate eleitoral. A disputa pela prefeitura de Sapé já conta com outros quatro candidatos: o Major Sidnei (Podemos), Josinaldo Ferreira (PSC), Luiz Limeira (PP) e o professor Miguel Alves (PT).

Sargento Alessandro Carvalho

A grande surpresa até agora no processo eleitoral foi a candidatura do Sargento Alessandro, que articulou nos bastidores, reuniu apoios e conquistou aliados. “Estou muito feliz com a indicação do meu nome pelo PSDB. Vou procurar honrar a indicação e trabalhar por uma campanha propositiva, honesta e voltada para a proposta de políticas públicas relevantes para o nosso município”, disse Alessandro ao Portal GPS.

A política é dinâmica e muita coisa ainda pode acontecer até o registro oficial das candidaturas. O Portal GPS vai continuar na cobertura das Eleições 2020 trazendo todas as informações relevantes e precisas para os leitores.

Por Jorge Galdino – Jornalista – Portal GPS

Avante anunciará apoio à pré-candidatura de Allan Cabral

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

Partido diz que poderá disputar composição na chapa majoritária com o PL em Sapé.

O Avante anunciará nas próximas horas o apoio formal à candidatura do empresário Allan Cabral (PL) nas eleições deste ano no município de Sapé. Depois de uma reunião ontem com o diretório estadual, o partido deixou a questão local a critério da executiva municipal, que já está acertando os detalhes para formalização da coligação.

O grupo do Major Sidnei Paiva também estava disputando o apoio do Avante, inclusive articulando com a cúpula estadual do partido, mas o presidente do Avante em Sapé, Ewerton Diego (Diego do Banco do Brasil), foi mais ágil e conseguiu manter seus posicionamentos em torno do nome de Allan.

A executiva municipal do Avante também afirma que tem uma “carta na manga”, e mesmo com a desistência de Diego na disputa à prefeitura por motivos profissionais, o partido afirma que ainda poderá compor a chapa majoritária apresentando um nome de peso.

Em conversas informais com nossa reportagem, Diego disse que não deixará o Avante compor com grupos que apresentam personagens ligados à velha e ultrapassada política de Sapé, e que apresentará um nome à altura do projeto de Allan de renovação e mudança.

Diego também deixa claro que não imporá seus posicionamentos, mas que também apresentará alternativas que serão avaliadas pelo grupo, e que, independente de o partido compor ou não chapas majoritária ou proporcional, o Avante estará com Allan Cabral na disputa pela prefeitura de Sapé.

Além do Avante, o PL ainda mantém conversa com o Solidariedade, o PTB e o Partido dos Trabalhadores (PT), e o grupo tem como característica apresentar nomes novos, com a proposta de oferecer alternativas aos eleitores e renovação do Executivo e Legislativo sapeense.

Por Jorge Galdino – Jornalista (Portal GPS)

Instituto Opinião divulga pesquisa sobre gestão do prefeito de Sapé

Redação GPS em GPS
O site Gestão Pública e Sociedade - GPS (www.gestaopublicaesociedade.com.br) é uma iniciativa de cidadãos preocupados em acompanhar, interagir e participar da gestão pública, fiscalizando recursos, denunciando abusos e desvios, combatendo a corrupção e atuando ativamente através de ferramentas e instituições públicas, privadas e não governamentais para melhorar a qualidade da política e a eficiência e eficácia na gestão pública.
Redação GPS

74,6% dos sapeenses acham gestão do prefeito Roberto Feliciano péssima, ruim e regular. 23,1% diz que é ótima e boa.

O Instituto Opinião divulgou hoje (20) os números sobre a avaliação da administração do Prefeito de Sapé, Flávio Roberto Malheiros Feliciano (Cidadania). No final do segundo mandato, a atual gestão de Sapé, de acordo com o levantamento, alcança 74,6% de avaliação popular entre péssimo, ruim e regular. Apenas 23,1% dos entrevistados acham que a gestão de Roberto Feliciano é boa ou ótima. 2,3% dos entrevistados não souberam opinar ou não responderam à pesquisa. Veja os dados separados: 22,5% (péssimo), 13,3% (ruim), 38,8% (regular), 17,3% (bom) e 5,8% (ótimo). Essa é a segunda pesquisa realizada pelo Instituto Opinião no município.

A pesquisa foi realizada no último dia 10 e ouviu 400 entrevistados nas zonas rural e urbana de Sapé: Bairro Novo, Bela Vista, Caixa D´Água, Centro, Cidade Cristã, Cuba de Cima, Jardim das Águas, José Feliciano, Mutirão, Nova Brasília, Renato Ribeiro, Renê Baunilha, Rua Nova, Santa Luzia, Santa Marina, São Francisco, Terra Nova, Assentamento Boa Vista, Buracão, Cuba de Baixo, Cuité, Estivas, Inhauá, Lagoa do Félix, Moreno, Pacatuba, Padre Gino, Pedra do Rio Seco, Renascença, São João, Sapucaia, Sousa, Usina Santa Helena e Assentamento 21 de Abril.

Combate à Pandemia

A pesquisa também perguntou sobre a opinião da população de Sapé sobre o combate à pandemia de Coronavírus no município. Nesse quesito, 72,9% acreditam que o trabalho da gestão municipal no combate à pandemia é péssimo (14,3%), ruim (17,5%) e regular (41,1%). Já 21,6% dos entrevistados avaliam como bom (19,3%) e excelente (2,3%). 5,5% não souberam avaliar ou não responderam à pesquisa.

O Instituto Opinião não divulgou se a pesquisa foi feita presencialmente ou por telefone.

Do Portal GPS com dados da pesquisa do Instituto Opinião

Protegido por Direitos Autorais. Compartilhe o conteúdo usando os botões das redes sociais no final da matéria.