“Centrão” e oposição unem forças para reconduzir Abraão Júnior à presidência da Câmara Municipal de Sapé

“Centrão” e oposição unem forças para reconduzir Abraão Júnior à presidência da Câmara Municipal de Sapé

Em chapa única, eleições para a composição da mesa para o segundo biênio ocorrerão na próxima quinta-feira

A bancada de oposição, composta por duas vereadoras, e a bancada independente, conhecido com o Centrão, que congrega cinco vereadores, juntamente com o atual presidente da Câmara Municipal de Sapé, Abraão Júnior (Podemos), se uniram para impor mais uma derrota ao prefeito Sidnei Paiva (Podemos), reconduzindo Abrão para mais um mandato à frente do Legislativo Sapeense.

As eleições para o segundo biênio ocorrerão na próxima quinta-feira (26) e pelo menos oito, dos quinze vereadores, votarão na reeleição da chapa encabeçada por Abraão Júnior, impondo mais uma derrota ao prefeito Sidnei Paiva, que não foi capaz de apresentar uma chapa para contrapor o bloco oposicionista.

Abraão Júnior

As eleições ocorrerão em chapa única, composta por Abraão Júnior encabeçando a chapa; Teresinha do Peixe (vice-presidente); Arquimedes Freitas (primeiro secretário) e a vereadora Maira Cunha (segunda secretária). Os vereadores que assinaram o requerimento de chapa foram: Rubinho Lucena, Francisco Macêna (Bainha da Banca), Adriano de Inhauá e o vereador Nego Simplício.

Sem concorrentes e com prazo de inscrição de chapas finalizado às 9h da manhã de hoje (24), Abraão demonstra força e articulação se impondo em detrimento às preferências do Executivo, que giram em torno do vereador Davyd Matias. Davyd é o vereador que recebe as atenções do Executivo, participando ativamente da gestão do prefeito Sidnei Paiva, mas a tarja de predileto só causou ciumeira nos demais vereadores que antes pertenciam à base de sustentação do Executivo, que desertaram, formando um bloco independente (o Centrão).

O bloco dos oito vereadores também promete derrubar o veto do Executivo à emenda que institui a progressão nas alíquotas das contribuições previdenciárias e outras alterações ao Prev-Sapé. A apreciação do veto ocorrerá na próxima semana e promete mais um embate entre Executivo e Legislativo.

Da Redação do Portal GPS.

Redação GPS

Seu comentário é muito importante para nós.

Protegido por Direitos Autorais. Compartilhe o conteúdo usando os botões das redes sociais no final da matéria.