Em Sapé – 04 óbitos, afrouxamento do isolamento e aumento exponencial de casos colocam o município em alerta

Em Sapé – 04 óbitos, afrouxamento do isolamento e aumento exponencial de casos colocam o município em alerta

Chamada Pública de emergência anunciada pela prefeitura é esquecida em meio à crise epidemiológica do município. Ações sociais são assistencialistas e a informação é precária e confusa

A cada boletim epidemiológico divulgado, os casos de Covid-19 em Sapé se multiplicam juntamente com os óbitos e a ineficácia das ações da gestão pública no combate ao Coronavírus. Pessoas e veículos circulam como se nada estivesse acontecendo e populares reclamam que as autoridades não fazem cumprir os decretos estadual e municipal que regulamentam o isolamento social.

Já são 14 localidades com registros de casos de Coronavírus no município, dentre elas duas comunidades rurais. O centro comercial da cidade é o epicentro da epidemia com 26 casos confirmados, mesmo tendo uma baixa densidade demográfica, já que boa parte dos prédios é comercial. É no Centro que também se podem notar aglomerações em supermercados, ruas e agências bancárias.

O Executivo Municipal vem implantando ações cosméticas diante da crise epidemiológica, utilizando apenas como divulgação oficial os serviços de carro de som, posts nas redes sociais, interdição de ruas e publicação de boletins e decretos.

Idoso pede esmolas em frente a uma agência bancária em Sapé

A Chamada Pública de urgência divulgada através de edital para contratação emergencial de profissionais de saúde e apoio foi negligenciada pela Prefeitura, já que o resultado estava marcado para divulgação no Diário Oficial no último dia 5. Solicitamos informações oficiais, através do e-Sic, sobre o resultado da Chamada Pública visando criar cadastro de urgência para contratação de Agentes de Combate ao novo coronavírus (COVID-19), mas não obtivemos respostas.

O Edital trazia o prazo para inscrições para o cadastramento a que se refere a Chamada Pública que seriam recebidas unicamente via internet, no período de 27/04/2020 a 01/05/2020. A relação final dos cadastrados decorrente da chamada pública seria publicada no Diário Oficial dos Municípios, na data provável de 05/05/2020, contudo, até o fechamento dessa matéria, nenhum resultado do certame foi divulgado ou explicações foram dadas à população, demonstrando o amplo descaso com a transparência, eficiência e eficácia com os recursos públicos.

A comunicação oficial é confusa e ineficaz, realizada através do Instagram pessoal do prefeito ou em mensagem em carro de som. Já foram detectados até inconsistências e erros de dados nos boletins epidemiológicos do município. O sítio oficial da prefeitura, redes sociais e diário oficial trazem informações desatualizadas, fracionadas e muitas vezes dando caráter de propaganda da gestão pública. Não existe uniformidade entre as informações e até o vídeo gravado pelo prefeito, que aconteceu 48 dias depois de muita cobrança da população, não trouxe qualquer informação ou ação relevante.

O portal da transparência do município recebeu nota 4,45 do Tribunal de Contas do Estado e as solicitações de informações não são respondidas, mesmo sendo realizadas através do Sistema Eletrônico de Informação ao Cidadão (e-Sic), regulamentado pela lei de acesso à informação.

No boletim epidemiológico divulgado hoje (12), o município já totaliza 89 casos testados positivos para Covid-19, 116 casos suspeitos, 96 casos descartados, 31 recuperados e 04 óbitos. Três mortes registradas em um período de 72 horas. Os funerais estão sendo realizados de forma rápida, sem velórios ou acompanhamento dos familiares.

Os últimos óbitos em Sapé foram de um homem, idoso, 82 anos, com comorbidade, hipertenso, início dos sintomas no dia 01/05/2020 e uma mulher, adulta, 58 anos, diabética, início dos sintomas no dia 28/04/2020, ambos estavam internados em hospital público e tiveram óbito no dia de hoje.

Da Redação do Portal GPS com informações do Governo do Estado.

Redação GPS
Protegido por Direitos Autorais. Compartilhe o conteúdo usando os botões das redes sociais no final da matéria.