Festas Juninas sem fogueiras em Sapé

Festas Juninas sem fogueiras em Sapé

Decreto proíbe fogueiras e venda de madeira a partir dessa sexta-feira

O prefeito de Sapé, Flávio Roberto Malheiros Feliciano (Cidadania), proibiu a comercialização de madeira para fogueiras e acender fogueiras em espaços públicos e privados no município. As medidas estão no Decreto Nº 2791/2020 que foi disponibilizado na Plataforma 1Doc e deverá ser publicado no Diário Oficial dos Municípios Paraibanos nas próximas horas para surtir os efeitos legais. O Decreto é parte das “medidas para enfrentamento de emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da infecção humana pelo novo Covid-19”.

Na justificativa, o Chefe do Executivo alega que a tradição das fogueiras no período junino pode agravar o sistema respiratório-pulmonar do infectado com Covid-19 pela inalação de fumaça agravando assim também o atendimento hospitalar já sobrecarregado por conta da pandemia.

O prefeito alegou também que a tradição das fogueiras pode comprometer o isolamento social e podendo haver naturais aglomerações presentes no período junino, em celebrações e fogueiras promovidas em espaços públicos ou privados.

A proibição começa a partir da 0 (zero) hora do dia 12 de junho de 2020 e vai perdurar durante o período de situação de calamidade pública. Os festejos juninos têm início com o Dia de Santo Antônio, comemorado no próximo sábado (13).

Da Redação do Portal GPS

Redação GPS

Seu comentário é muito importante para nós.

Protegido por Direitos Autorais. Compartilhe o conteúdo usando os botões das redes sociais no final da matéria.