Filho da vice-prefeita assume secretaria de Agricultura de Sapé

Filho da vice-prefeita assume secretaria de Agricultura de Sapé

Lenilton Leôncio assume secretaria em meio à guerra de narrativas envolvendo o governo e o grupo do ex-prefeito José Feliciano em relação à exoneração de Zé Carneiro

O Diário Oficial dos Municípios do Estado da Paraíba de hoje(07) traz a exoneração do secretário de Agricultura e Pesca do município de Sapé, Egberto José Carneiro (Zé Carneiro), e a nomeação de Lenilton Leôncio Costa, filho da vice-prefeita, Lenilda Leôncio, para a pasta da Agricultura. A troca de cargos aconteceu em meio a uma guerra de narrativas, denuncismos e ameaças em que o governo e o grupo de ex-prefeito José Feliciano travaram nas redes sociais no início da noite de ontem(06).  Zé Feliciano foi aliado de primeira hora do prefeito Sidnei Paiva (Podemos), chegando a romper com o restante da família, que apresentou a candidatura de Luizinho nas últimas eleições. O ex-prefeito é cunhado de Zé Carneiro.

O grupo de José Feliciano acusa o prefeito de querer que Zé Carneiro abonasse folha de ponto de funcionária fantasma. “Fui chamado para receber uma bronca do major por não querer assinar a folha de ponto retroativa da administradora do mercado de Sapé”, disse Zé Carneiro. Que segundo o agora ex-secretário, a administradora do mercado público é uma “servidora fantasma”.

Do outro lado, o grupo do prefeito acusa o pessoal de José Feliciano de obrigar os servidores da Secretaria de Agricultura a “doarem” R$ 100,00 dos seus salários para comprar cestas básicas para serem distribuídas no Dia das Mães, como se fossem uma boa ação social da família Feliciano. José Feliciano e Zé Carneiro disseram que na próxima quarta-feira vão mostrar as “mentiras do governo e que vai ter bomba”. O ex-prefeito mantém lives semanais nas quartas-feiras.

Assessores do prefeito também discutiam nos grupos de WhatsApp se teria sido Zé Carneiro que pediu exoneração ou se foi o prefeito que o exonerou antes, como se isso tivesse alguma relevância para a população. O fato é que o rompimento dos grupos pode expor as entranhas do governo, já que a guerra de narrativas, vídeos e áudio nas redes sociais foi intensa nesta quinta-feira.

Da Redação do Portal GPS.

Redação GPS

Seu comentário é muito importante para nós.

Protegido por Direitos Autorais. Compartilhe o conteúdo usando os botões das redes sociais no final da matéria.