Prefeito de Sapé anuncia reajuste do salário mínimo como se fosse aumento salarial e diz que percentual foi acordado com o sindicato da categoria

Prefeito de Sapé anuncia reajuste do salário mínimo como se fosse aumento salarial e diz que percentual foi acordado com o sindicato da categoria

Reajuste anunciado pela prefeitura de Sapé apenas corrige a inflação do período, sem qualquer ganho significativo. Servidores ficam sem aumento nos dois primeiros meses do ano

Por: Jorge Galdino – Jornalista  

Em tempos de desinformação e propaganda de guerra mentirosa pelo mundo, o prefeito de Sapé, Sidnei Paiva (Podemos) segue a receita e anuncia o reajuste do Salário Mínimo Nacional como se fosse um elevado aumento de salários para o pessoal do apoio administrativo da Prefeitura de Sapé. O reajuste anunciado pelo Executivo Sapeense é de 13%, a partir de março deste ano, deixando os servidores sem reajustes nos meses de janeiro e fevereiro.

Por lei, nenhum trabalhador pode receber menos que um salário mínimo, que desde janeiro deste ano é de R$ 1.212,00 mensais para todo o ano de 2022, conforme estabelecido pela Medida Provisória nº 1,091/2021, assinada pelo presidente da República e publicada no Diário Oficial da União de 31/12/2021. O novo valor atende ao estabelecido na Constituição Federal, que determina a preservação do poder aquisitivo do salário mínimo.

O novo salário mínimo teve um reajuste de 10,18%, e passou a vigorar, obrigatoriamente, a partir de janeiro deste ano. Já nos dois primeiros meses de 2022, as famílias mais pobres do país encaram a maior inflação da pirâmide social, 1,63%. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) de janeiro e fevereiro deste ano é de 1,56% e com o reajuste de 10,18% do salário mínimo e a inflação de março/22, pode-se observar que o aumento anunciado pela prefeitura de Sapé apenas corrige a inflação do período (Jan/2021 a Mar/22), sem qualquer ganho significativo para os servidores, diferente do que diz o prefeito em postagem em uma rede social.

O reajuste dos salários do pessoal de apoio administrativo da Prefeitura de Sapé ainda tem que ser apreciado pela Câmara Municipal de Sapé, que só volta do recesso no próximo dia 07 de abril, contudo, o prefeito Sidnei Paiva já anunciou o pagamento do novo salário para este mês, o que vai demandar uma convocação extraordinária da Câmara. Os servidores também amargam a perda de já terem recebido os salários de janeiro e fevereiro sem o reajuste do Salário Mínimo Nacional.

Em 2021, Prefeitura de Sapé também pagou salários inferiores ao salário mínimo, o que é vetado por lei, utilizando-se de benefícios como o anuênio para complementar o valor, causando prejuízos os servidores administrativos efetivos.

Segundo matéria publicada no site oficial da prefeitura, o novo aumento anunciado pelo prefeito tem o aval do sindicato da categoria.

Veja matéria no site da Prefeitura de Sapé

Da Redação do Portal GPS.

Redação GPS

Seu comentário é muito importante para nós.

Protegido por Direitos Autorais. Compartilhe o conteúdo usando os botões das redes sociais no final da matéria.