PSL quer coligação com “nomes limpos” e sem fazer a “velha política”

PSL quer coligação com “nomes limpos” e sem fazer a “velha política”

Partido tem o maior fundo partidário, cresceu 150% em número de filiados em 2019 e presidente diz que agora é hora de se prevenir da pandemia de Coronavírus

Partido Social Liberal (PSL) foi fundado pelo empresário pernambucano Luciano Bivar em 30 de outubro de 1994, tendo seu registro deferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2 de junho de 1998. Em Sapé, o PSL tem como presidente o jovem Junior Rocha, irmão do saudoso presidente da Câmara Municipal, Johni Rocha.

Em Sapé, o partido pretende apresentar candidatura própria no prazo devido, mas não quer apresentar chapa “puro sangue”, quando os candidatos a prefeito e vice são do mesmo partido. A diretoria do PSL quer usar como critério a composição com partidos que apresentem candidatos com “nomes limpos”, sem ligação com a “velha política”. “Estamos em diálogo há alguns meses com lideranças de partidos no nosso município para compor futuramente uma chapa. O partido acredita no diálogo e união da verdadeira oposição, nova, de nomes limpos e sem fazer a ‘velha política’. O partido sempre esteve aberto para dialogar. Temos, inclusive, conversas avançadas com alguns partidos para coligar. Não pretendemos apresentar uma chapa ‘puro sangue’, mesmo o PSL tendo estrutura partidária para lançar uma, caso queira, por ser o partido com maior fundo partidário, mas nós do PSL acreditamos na união e no diálogo. Entretanto, tudo pode acontecer.” Disse Júnior Rocha.

Por conta da pandemia, o partido suspendeu a campanha de filiações, pois a prioridade é a prevenção. “No momento não estamos buscando filiações, pois acreditamos que neste período de pandemia, o melhor a se fazer é prevenir os nossos representantes e a nossa população. O PSL de Sapé teve um crescimento de aproximadamente 150% em números de filiados no ano de 2019”. Ressaltou o presidente.

Júnior Rocha e o deputado Federal Julian Lemos

Novo na disputa municipal, o PSL quer implantar a cultura do diálogo e uma proposta de crescimento sócio liberal para o município voltada à saúde, educação, assistência social e empregos. “O PSL é um partido que sempre procura o diálogo a fim de crescer e melhorar a cada dia. A população pode esperar um partido de ‘ouvidos abertos’, atentos para escutar e suprir todas as suas demandas. Nossas ideias e futuros projetos serão baseados na necessidade da população, levando em consideração pontos cruciais que todos do partido entendem ser uma necessidade para Sapé: Saúde, geração de empregos, educação e assistência aos mais necessitados, proporcionando também o crescimento profissional para que o indivíduo não precise depender de terceiros para sustentar sua família. O PSL é o partido com maior crescimento e com estrutura para ajudar nosso município através de nosso Deputado Federal que está disposto a estender a mão em todos os projetos necessários para o crescimento do nosso município. Nosso deputado federal , presidente do PSL estadual e vice-presidente nacional tem autonomia para conseguir verbas e melhorias para nossa cidade.” Finalizou Rocha.

O Portal GPS está entrando em contato com todas as legendas partidárias com registro no município para a edição de matérias a respeito dos posicionamentos dos partidos para as próxima eleições.

Da Redação do Portal GPS com informações do diretório municipal do PSL

Redação GPS

Seu comentário é muito importante para nós.

Protegido por Direitos Autorais. Compartilhe o conteúdo usando os botões das redes sociais no final da matéria.